Marca TOV

moeda_fen_cia

Mais um artigo fantástico do Dagoberto Dalsasso.

“… Na verdade, sob a perspectiva do consumidor, a marca é apenas uma bengala. Os mercadores fenícios já sabiam disso, tanto que milhares de anos depois do auge daquela civilização, escavações arqueológicas têm revelado potes, ânforas e garrafas de barro, que continham azeite e vinho, devidamente identificados com a “marca de origem” fenícia que assegurava aos consumidores a qualidade e procedência daqueles produtos.

Uma marca é um signo de origem e procedência, portanto, uma codificação genética, um sinal que atesta uma presumida origem e qualidade confiável. Esta, quase sempre consagrada tecnicamente como um conjunto de atributos funcionais do produto. Nos dias de hoje, de tanta carência emocional e de tanta paridade tecnológica, mais que qualidade, mais que razão, uma marca precisa agregar diferencial emocional que deve ir muito mais fundo, do cérebro em direção ao coração.

Enfim, uma marca é um signo ou sinal perceptivo que atesta que um produto é “bom”, que veio de boa origem, de “boa casa” e de “família confiável”. Será por isso que em hebraico, uma língua simbólica e ancestral, onde “bom” é “TOV” (com as letras Tet, Vau e Beit), por coincidência significa, também, “marca” e “sinal”?

Tet, a nona letra do alfabeto, significa “útero” e “serpente” e, portanto, está associada à energia primordial do feminino e ao símbolo da inteligência e da bondade essencial, da criatividade e da fecundidade. Vau, a sexta letra, significa “gancho” ou “anzol” e é símbolo da ligação, da conexão, da continuidade e da unificação das coisas, enquanto Beit, a segunda letra do alfabeto, significa “casa” e “recipiente/continente”.

Portanto, desde as mais remotas origens linguísticas, uma marca é um sinal (perceptivo) repleto de inteligência e energia criativa que dá contorno (forma continente) e liga (conecta, une) um significante (idéia primordial) a alguém, através de um significado. Quase arquetípico não? E, no fundo, é isso mesmo; tudo uma questão de “marquétipo”: o arquétipo da marca.

Mas, por que a marca é uma bengala? Todo ato de compra está associado a um certo nível de tensão emcoional, expectativa e insegurança quanto à perspectiva de satisfação, o que uma marca-bengala reduz consideravelmente ao servir de apoio e escape emocional. Isso, nem sempre é consciente. Pergunte a alguém por que pagou 900% a mais “naquela” calça jeans e ele dirá que foi pela qualidade do produto, mesmo que a moda não permita que a calça “dure” mais que uma temporada. Isso é racional?

Na indecisão de toda escolha (escolher é sempre um ato de dúvida e dor), a “marca-Tov” surge como a “certeza emocional do acerto”, como um sinal de propriedade da boa escolha, por isso a boa marca é sempre “Tov” (boa), mesmo que seja muito mais cara e, as vezes, oferte menor qualidade funcional. Afinal, devemos ter claro que o preço não é do produto, mas do valor que ele tem para o consumidor. E a maior parcela do valor é emocional, mesmo que pareça o contrário. Na realidade, o valor da marca está na força com que as associações e projeções mentais positivamente criadas se manifestam. A marca é, então, usada como elemento de eficaz conexão entre o produto, o produtor e o consumidor.

A marca é um sinal que identifica e conecta idéias e percepções de duas mentes: a mente que produz/comercializa valor e a mente que compra/consome propostas de benefícios e expectativas de satisfação. Logo, ela é ligação e conexão (o Vau, letra central do Tov) entre estas mentes. A marca é símbolo de uma origem reconhecida, de um endereço emocionalmente confiável, essa origem é a “casa da marca” (o Beit, a última letra do Tov). E, finalmente, a marca é fruto criativo de uma mente-útero (Tet), de uma mente capaz de ser fértil o suficiente para dar vida a algo que tem o poder de transmitir associações e percepções de valor ao consumidor e ser por ele “amada como se fosse uma mãe”.

Por isso, marca é Tov e os fenícios sabiam muito bem disso.”

Fonte: Acontecendo aqui

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: