Archive for Leituras

Mudança

Bem, é perceptível a não atualização de informações por aqui ultimamente, certo? Certo!

Não por falta do que dizer, não por estarmos ignorando o nosso tão querido Blógulo ou, simplesmente, por preguiça. Pelo contrário. Estamos mudando, denovo. E Dessa vez a mudança não é física, é virtual. Nosso “em breve” está chegando e a mudança será pra melhor.

O Blógulo continuará, mas dentro de um site que conversará com o twitter, que estará integrado com o facebook, que possibilitará ter colaboradores externos do Blógulo e que, como mágica, falará com o site novamente. Ufa! É um trabalho que está sendo executado pelo nosso parceiro Zertorack e que está sendo muito aguardado.

A má notícia é que essa “desatualização” irá permanecer ainda por um tempinho. A boa é que esse tempinho realmente está chagando ao final.

É isso! Assim que voltarmos ao normal, você ficará sabendo. E, enquanto isso, se houver alguma opinião de melhoria,alguma sugestão, algum interesse em colaborar com o Blógulo, esteja completamente confortável em nos comunicar.

Grande abraço,

Exército Glóbulo

Advertisements

Leave a Comment

Cursos gratuitos na FGV

fgv

Se de graça vale até injeção na testa, o que você acha disso aqui?

A FGV está com uma iniciativa que, a primeiro momento, parecer ser muito interessante. A primeiro momento, pois ainda não fiz nenhum destes cursos gratuitos oferecidos ( já fiz um de branding online e recomendo desta mesma instituição. É interessante e vale o investimento) e não posso atestar em definitivo. Mas, aparentemente, devem ser bons (e servem como uma ótima estratégia de captação de alunos e vencer uma barreira contra a educação não presencial).

A dica veio pelo nosso amigo e jornalista da Dialetto, Rodrigo @lossio , que, sempre antenado, diz que também participará de algumas aulas.

Falando em aulas, estão disponibilizando cursos de:

Tópicos temáticos introdutórios na área de Gestão Empresarial – carga horária de 5h

Balanced Scorecard (novo!)

Conceitos e Princípios Fundamentais do Direito Tributário (novo!)

Consultoria em Investimentos Financeiros – Intermediação Financeira (novo!)

Direito do Trabalho – Contratação do Trabalhador (novo!)

Fundamentos da Gestão de Custos (novo!)

Gestão de Pessoas – Motivação nas Organizações (novo!)

Processo de Comunicação e Comunicação Institucional (novo!)

Estratégia de Empresas – Introdução à Administração Estratégica

Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável – História da Questão Ambiental

Gestão de Marketing – Produto, Marca, Novos Produtos e Serviços

Gestão da Tecnologia da Informação – TI nas Organizações: Estratégia e Conceitos

Técnicas de Gerência de Projetos – Gerenciamento do Escopo do Projeto

Tópicos temáticos introdutórios na área de Metodologia – carga horária de 5h

Metodologia de Pesquisa – Conhecimento, saber e ciência

Metodologia do Ensino Superior – Universidade e Sociedade

Cursos em áreas de conhecimento diversas – carga horária de 15h

Ciência e Tecnologia

Diversidade na Organização

Ética Empresarial

Recursos Humanos

Cursos para professores do Ensino Médio – carga horária de 30h

Filosofia

Sociologia

 

É isso. De graça e da FGV, acho que é uma boa dica pra evoluir mais um pouco, não? Mexa-se!

Comments (3)

Academia de graça!

Por: Artur Pereira (@arturcap)

Gym1

Na Dinamarca um academia criou uma solução bem inusitada para ter uma boa a quantidade de alunos. Não cobrar mensalidade.

Foi identificado que o principal motivo de desistência dos alunos é que muitos deles tem pouco tempo para ir à academia e acabam desistindo porque ficam com a sensação de que estão pagando algo que não usam.

Então a academia criou um plano onde é feita uma filiação anual bem barata. Se o aluno frequentar a academia pelo menos uma vez por semana ele não paga mensalidade, ao contrário (se ele ficar uma semana sem aparecer) é cobrada a mensalidade integral. Com essa estratégia os alunos aumentam o seu comprometimento.

Bom e como a academia lucra? Quem disse que mensalidade é a única forma de lucrar. Para isso existem: bares, lojas, anúncios, eventos, parcerias, estacionamentos, personal trainers, fisioterapeutas, nutricionistas, projetos especiais…

Nesse mesmo sentido, um plano de saúde chines não cobra dos clientes quando eles estão doentes, afinal, o trabalho dos médicos é deixar o cliente saudável.

Estes exemplos foram retirados do livro “Free”

Comments (2)

A diferença do grátis no século XX e no século XXI

Por: Artur Pereira (@arturcap)

FreeButton-main_Full

Dando continuidade aos pontos mais interessantes do Livro “Free” segue esse texto:

Para compreender o modelo econômico fundamentado no “preço zero” é essencial destacar uma premissa básica que é diferença entre o grátis do século XX que era “feito de átomos” e grátis do século XXI que é “feito de bits”.

free_sample

No século passado grátis referia-se a “amostras grátis”, degustação, “leve dois e pague um”. A distribuição gratuita era bem limitada e o consumidor sabia que em algum momento teria que abrir sua carteira, esse modelo de grátis gerava desconfiança.

google_apps6464[3]

O novo grátis do universo virtual, trata-se de um modelo econômico baseado no “preço zero”. Por exemplo, o Google oferece um leque enorme de serviços sem cobrar do usuário final. O que torna essa prática possível é o fato de que a web proporciona uma distribuição muito ampla, a custos incrivelmente baixos, quase zero. Além disso, os pilares desse modelo são Banda Larga (transmissão de dados), armazenamento e processamento. Esses três fatores de produção, deflacionam de uma forma nunca vista antes. Um resultado prático disso é no caso do You Tube onde os custos para transmitir um vídeo, caem pela metade a cada ano.

Em breve serão apresentadas mais visões sobre esse modelo de preço zero.

Confira outros posts sobre essa tema.

Leave a Comment