Posts Tagged tecnologia

Rótulos com LED

É… chegou mais rápido do que imaginava.

Que as embalagens são uma forma muito eficiente de publicidade você já sabia! Agora imaginem se essa forma de publicidade pudesse brilhar, de fato, quando você passasse, quando você tocasse, quando você interagisse com o produto de alguma forma. Pois é, é bem provável que isso esteja perto de acontecer.

As embalagens abaixo tem em seus rótulo o famoso LED e podem estar no mercado (se já não estão) em pouco tempo.

Em tempos de apagão (de luz e de idéias), essa tecnologia pode ser uma luz no fim do túnel, ser um pé no saco, ser chique ou ser brega? Me diz você.

Leave a Comment

Nokia lança aplicativo Point&Find

Nokia lançou um aplicativo bem bacana que permite aos usuários receberem informações relevantes de produtos reais. Para tanto, o usuário deve acessar o site http://pointandfind.nokia.com/ e baixar o aplicativo específico para seu modelo de celular Nokia.

Por meio dele, o usuário pode ler qualquer código 2D e ao fotografar locais como restaurantes e lojas ele será direcionado a um web link que lhe oferecerá mais informações sobre tais locais.

Os usuários do Reino Unido e dos Estados Unidos, ao fotografarem alguns posters de filmes, têm acesso a suas informações, a seu trailer, são direcionados ao cinema mais próximo e ainda podem comprar ingressos para assistir ao filme.

Além deste diferencial, estes usuários e os da Alemanha ao fotografar, em algumas lojas, o código de barras de um produto obtém seu preço em outras lojas para que possa realizar uma comparação de preços.

Post totalmente chupado do blog Comunicação sem Vergonha

Comments (1)

PEUGEOT BB1

Por: Artur Pereira (@arturcap)

Somos apaixonados por comunicação, novidades, tendências…

Nosso clientes também. Por isso o pessoal do Guarda Fila, nos passou essa dica, que é um filme sobre o BB1  da Peugeot.

Bem legal

Leave a Comment

Tem nosso dedinho aqui também!

mailmkt1

Imprimir

Santa Catarina destacou-se no Programa Primeira Empresa da FINEP

O Estado foi o que mais aprovou projetos, totalizando 238. Chave do sucesso foi o empenho das incubadoras-âncora em mobilizar os empresários. Cada Empresa Inovadora vai receber R$ 120 mil, não-reembolsáveis, para alavancar seus negócios.

Já está disponível no site do CELTA a lista com as empresas aprovadas no Programa Primeira Empresa Inovadora (PRIME), da Finep, agência de fomento do Ministério da Ciência e Tecnologia. Foram aprovadas 118 empresas que receberão, cada uma, R$ 120 mil. Santa Catarina foi o estado com maior número na aprovação dos projetos. As incubadoras-âncora – CELTA (Florianópolis) e Instituto Gene (Blumenau) – aprovaram, respectivamente, 118 e 120 projetos, sendo que as demais incubadoras de todo o Brasil não alcançaram 100 projetos. A lista das aprovadas pelo Gene pode ser conferida clicando aqui.

“Conseguimos mobilizar todo o Estado durante a fase de divulgação e fizemos um processo de análise criterioso”, destaca o Diretor Executivo da Incubadora CELTA, Tony Chierighini. “A disseminação da oportunidade, informa, foi chave para conseguir mobilizar empresas e induzir projetos mais consistentes. Percebemos a existência de uma demanda reprimida que os profissionais das universidades ainda não tinham identificado”, afirma Carlos Eduardo Negrão Bizzotto, Presidente do Conselho do Instituto Gene.

Lançado no final de 2008, o PRIME tem como meta principal ajudar na estruturação de planos de negócios e desenvolvimento de projetos inovadores em diversas áreas. Em todo o País, foram 1.185 projetos inovadores aprovados, identificados por 17 incubadoras-âncora.

Apesar de a região Sudeste ter tido o maior número de empresas aprovadas – 600 ao todo por nove incubadoras -, a Sul é a mais representativa, já que conseguiu o maior aproveitamento das quatro incubadoras, atingindo a média de 86 projetos por instituição – foram 344 projetos aprovados.

Segundo a Anprotec, nas 17 incubadoras, havia mais projetos com possibilidade de receber o fomento, mas acabaram sendo desclassificados por questões burocráticas – cerca de 20 a 30% das empresas não conseguiram enviar toda a documentação necessária até a data-limite.

Cada projeto inovador selecionado irá receber até R$ 240 mil em dois anos do Governo Federal, por meio da Finep, sendo a primeira metade não-reembolsável, totalizando um investimento de R$ 284,4 milhões.

Confira abaixo a lista de incubadoras-âncora, seus respectivos Estados e o número de projetos aprovados:

  • Instituto Gene – SC – 120
  • Fundação CERTI/Celta – SC – 118
  • Fumsoft – MG – 98
  • PaqTc – PB – 95
  • Univap – SP – 92
  • Cietec – SP – 89
  • Fipase – SP – 78
  • FAURGS/CEI – RS – 76
  • Cide – AM – 71
  • Inatel – MG – 64
  • PUC – RJ – 56
  • Bio Minas – MG – 49
  • Cesar – PE – 43
  • Bio Rio – RJ – 39
  • Coppe – RJ – 35
  • PUC – RS – 33
  • Cise – SE – 32

Fonte: www.inovasc.org.br

Quer saber mais dessa notícia? Veja este post:  O Poder das mídias sociais

Comments (2)

Revista americana traz encarte com propaganda em vídeo

Vodpod videos no longer available.

A última edição da revista americana Entertainment Weekly chegou às bancas nesta semana com a primeira propaganda em vídeo já encartada em um meio impresso.

A pequena tela, incluída dentro de um encaixe de papelão, traz uma propaganda da Pepsi e trailers de programas da rede de TV CBS.

A revista também traz embutido pequenos alto-falantes, que permitem ainda ao leitor ouvir a propaganda.

“Esta é uma maneira extraordinária de renovar a forma como interagimos com os consumidores”, disse o diretor de marketing da Pepsi, Frank Cooper.

A tela, do tamanho da tela de um telefone celular, é capaz de armazenar até 40 minutos de vídeo.

A propaganda é ativada quando a página da revista é aberta.

Mas segundo o correspondente da BBC em Los Angeles Rajesh Mirchandani, “o vídeo leva alguns segundos para ser carregado e começar a tocar, o que é uma vida para o mundo da propaganda”.

Além disso, segundo ele, por ser volumosa, a tela impede que a pessoa folheie a revista ou a dobre.

A CBS e a Pepsi não disseram quanto custou a campanha, mas segundo a empresa Americhip, fabricante das telas, o custo unitário do encarte é próximo dos US$ 20 (cerca de R$ 36), custo muito superior ao da própria revista.

Fonte: BBC Brasil

Comments (1)